Origami
Basta um pedaço quadrado de papel e algumas técnicas simples de dobradura para exercitar esta antiga arte de criar uma variedade de formas e figuras.


O que é preciso
PAPEL OFF-SET,
CARTOLINA OU PAPEL METALIZADO, OU PAPEL PARA PRESENTE,
OU PAPEL DE REVISTA
ACETINADO, OU PAPEL JORNAL.
SUPERFICIE LISA E PLANA, COMO UMA MESA OU UM LIVRO
A arte japonesa da dobradura de papel.
O termo "origami" vem do verbo japonês "oru" (dobrar) e do substantivo "kami" ou "gami" (papel). Em geral, usa-se um simples quadrado de papel, que vai se transformando através de vincos e dobraduras. O número de dobras básicas é limitado e, uma vez que você consiga dominá-las, vai poder criar inúmeros formatos. A precisão e exatidão são muito importantes: um quadrado de papel significa, em qualquer caso, um quadrado perfeito e os vincos têm de ser exatos.
A DOBRADURA DE PAPEL É USADA PARA: fazer figuras decorativas • decorar cartões de felicitações • móbiles
O resultado final dos itens 1 a 5 é conhecido como dobradura preliminar. É o primeiro passo para a criação de muitos modelos diferentes. Continuando com a base para pássaros, pode-se fazer um grou, o símbolo japonês da paz. Primeiro, pratique as dobraduras e assegure-se de que as bordas fiquem alinhadas.
DOBRADURA INICIAL
1 - Dobre o quadrado na diagonal.
Depois, dobre ao meio o triângulo obtido, para formar um triângulo menor.
2 - Dobre o triângulo menor de maneira que fique uma dobra vertical, um vértice aberto à esquerda e um fechado à direita.
3 - Levante o triângulo superior e abra-o. Dobre-o para a direita, abaixo, para formar um quadrado.
4 - Vire a figura para o outro lado e repita, levando o vértice direito para a esquerda, para formar um quadrado.
5 - Achate e marque bem as dobras passando por cima delas a unha do polegar. Com isto, termina a dobradura inicial
hit counter
Categorias