bordado á mão >> ponto caseado >> crivo >> ponto cruz >> bordado em negro >> bordado em pedrarias >> pontos >> bastidores >>
Ponto Crivo

O crivo é uma técnica que data do século XVI e é feito tradicionalmente com linha branca sobre tecido branco, compondo os motivos com ponto cheio e retirando  ou  recortando parte do tecido fundo.
O que é preciso:
LAPIS MARCADOR SOLÚVEL EM ÁGUA
TECIDO BRANCO
FITA CREPE
TESOURA
ENTRETELA PARA BORDAS
AGULHA E LINHA DE COSTURA
(PARA ALINHAVAR)
Vamos nos concentrar em dois tipos de crivo: no primeiro, os motivos ficarão bem juntos, de maneira que se toquem, e então se recortam pequenas partes do tecido de fundo; no segundo, que tem um aspecto muito parecido com o rendado, os motivos que formam o desenho ficam espaçados. Depois, os motivos são unidos com barras bordadas simples ou ramificadas e o tecido de fundo, então, é cuidadosamente recortado.
Normalmente, os motivos ficam contidos em uma figura regular, como uma janela circular, ou agrupados em forma de festão, sanefa ou desenho de canto. Para finalizar os desenhos, arremate com uma borda festonada. A combinação mais comum é o branco com branco, mas tons pastéis e cores vivas também podem ser usados.
O linho é o melhor tecido para esse tipo de bordado, mas você pode usar o algodão, desde que o tecido seja encorpado.

O CRIVO É USADO EM: toalhinhas para penteadeiras • toalhas de mesa e toalhinhas para bandeja.
CRIVOS COM BORDAS
1- Em um pedaço de papel, desenhe ou decalque o motivo no tamanho exato, com traços pretos bem grossos. Assinale uma pe-quena cruz nas seções que vão ser recortadas. Coloque o tecido sobre o desenho, fixando-o com a fita crepe e copie o motivo, inclusive as cruzes, com um lápis marcador.
2- Corte um pedaço de entretela do tamanho do desenho, acrescentando 2,5 cm de margem ao redor.
Centralize sobre o motivo pelo avesso do tecido e fixe com alfi-netes. Alinhave ao redor da borda e, se for um trabalho grande, alinhave dois ou mais pontos atra-vés do desenho, formando uma cruz.
3- Usando a mesma linha escolhi-da para fazer o bordado, faça duas linhas de alinhavo na parte interna dos contornos duplos dos moti-vos. Isso ajuda a reforçar as bordas recortadas e a evitar que se desfiem ao lavar o trabalho.
4- Perfile os contornos duplos com pontos de festão, cobrindo os alinhavos internos dos contornos e se assegurando de que a laça-da dos pontos fique voltada para as seções que serão recostadas. Retire o alinhavo e recorte as seções marcadas. Com cuidado, desfie a entretela pelas bordas do desenho.
hit counter
Categorias