bordado á mão >> ponto caseado >> crivo >> ponto cruz >> bordado em negro >> bordado em pedrarias >> pontos >> bastidores >>
Ponto cruz
Talvez seja o mais conhecido de todos os pontos de bordado. Seu maior atrativo está no fato de ser rápido, fácil de fazer e permitir reproduções de desenhos... tradicionais em várias peça,...
O que é preciso:
• agulha
• 6 meadas de linha molinê de algodão
• tecido de trama uniforme
• talagarça ou cânhamo
• tesoura fiada

 

O ponto de cruz existe há séculos e, ultimamente, sua popularidade está aumentando, pois cada vez é maior o número de pessoas que descobre as delícias dos bordados tradicionais, principalmente os pequenos trabalhos de costura que os principiantes fazem antes de se arriscarem a projetos maiores e mais ambiciosos. O ponto de cruz básico é feito com dois pontos oblíquos que se cruzam no centro, mas mesmo este ponto simples tem diferentes formas, como a alongada ou a vertical.

Pode-se usar qualquer tecido de trama uniforme para bordar o ponto de cruz, mas, se for a primeira experiência nesta área, é melhor usar talagarça ou cânhamo, São macios e existem em diversas texturas: a compacta é adequada para linha fina e pontos pequeno, e a mais larga é ideal para pontos grandes, que facilitam e aceleram o trabalho, principalmente com lã.
1- Retire a agulha em A, enfie em B e retire-a de novo em C, sem dar nó na linha antes de começar a trabalhar. Simplesmente, ao fazer o primeiro ponto oblíquo, deixe um pedaço de linha na parte detrás.
2- Continue trabalhando no mesmo sentido, espaçando uniformemente os pontos oblíquos e prendendo o pedaço de linha por trás, para fixá-lo (convém evitar os nós, porque o trabalho ficaria volumoso e irregu-lar).
3- Ao terminar a fileira, borde, com a mesma linha, pontos cruzados no outro sentido. Assim, os pontos de cima ficarão todos para o mesmo lado. Quando acabar a fileira, recomece outra e trabalhe como a anterior.
hit counter
Categorias