bordado á mão >> ponto caseado >> crivo >> ponto cruz >> bordado em negro >> bordado em pedrarias >> pontos >> bastidores >>
Pontos diferentes de bordado à mão
Quando, ao invés de seguir um esquema, você trabalha sobre um desenho à mão livre, podem-se usar diversos pontos que são escolhidos dependendo do efeito que se quiser dar.
O que é preciso:
• Agulhas de bordar • linha de bordar
• tesoura • tecido

Os pontos de bordado à mão livre são feitos sobre um tecido cuja trama nao é uniforme, no tamanho que lhe convier e são espaçados a olho, o que permite mais criatividade. A escolha dos pontos depende de cada pessoa, embora alguns sejam usados de forma mais específica que outros.

Os pontos são bordados seguin-do o contorno traçado com lápis de marcar solúvel em água ou qualquer outro cujas marcas desapareçam posteriormente. Se preferir, pode usar desenhos termotransferíveis.

O ponto corrente e o pesponto são a base de muitos pontos decorativos. Os pontos de recheio devem ser feitos bem juntos uns dos outros, utilizando sempre uma moldura ou um bastidor. Pode-se, também, misturar e sobrepor pontos. Para dar textura, faça nozinhos sobre pontos cheios, por exemplo.

O BORDADO A MÂO LIVRE É USADO: com motivos-fantasia • com motivos próprios.

Compre a melhor linha possível e use sempre um bastidor para evitar que o tecido se enrugue. Com linha grossa, escolha agulhas especiais para bordar, que têm o buraco grande para passar a linha. Se trabalhar com tecido muito fino, convém alinhavar um pedaço de entretela por trás do desenho.
Truques
Ao usar entre tela, retire-a quando terminar o trabalho. Escondida sob os pontos dará mais firmeza ao tecido.
PESPONTO

Um dos pontos de bordado mais simples e mais versáteis, o pesponto segue perfeitamente contornos e intrincados detalhes lineares e é a base de diversas variaçães decorativas, como, por exemplo, o ponto pequinês.

O pesponto é trabalhado da direita para a esquerda, com pequenos pontos regulares. Enfie a agulha pelo buraco de saída do ponto anterior e retire-a em distância igual adiante do ponto seguinte.
PESPONTO COM PONTOS POR CIMA

Este ponto pode ser feito em duas cores que contrastem ou duas es-pessuras de linha. Se usar linhas de diferentes espessuras, aproveite a mais fina para o pesponto e a mais grossa para os pontos de alinhavo.

Trabalhe uma fileira de pesponto com ponto pouco maior que o habitual. Depois, com outra linha e uma agulha de tapeçaria de ponta rombuda, faça um ponto de alinhavo por cima de cada ponto.
PESPONTO PEQUINÊS

O ponto pequinês, muito decora-tivo, é uma variação do pesponto e é trabalhado com duas linhas de cores diferentes.

Faça uma fileira de pesponto com ponto pouco maior que o habitual. Depois, entrelace uma linha de outra cor com a fileira de base, sem pegar o tecido. Cada laçada, depois de formada, tem de ser tensionada. A segunda linha deve ser passada com uma agulha de tapeçaria de ponta rombuda, para não estragar o pesponto.
FERRAMENTAS

AGULHA E LINHA

Não é preciso usar a tradicional linha de bordado o tempo todo, também pode ser empregada lã de tapeçaria. Utilize uma agulha U para bordado, com fios de espessura fina e média e uma agulha para tapetes, para linhas mais grossas.
hit counter
Categorias