Combinando cores
Algumas combinações de cores são mais felizes que outras. Saber escolher as tonalidades adequadas e ver se combinam bem é fundamental para se obter um bom resultado em qualquer trabalho.
O ser humano pode distinguir mais de 10 milhões de cores, mui-tas das quais podem ser reprodu-zidas através de pigmentos.
A cor é um elemento chave no estilo e no ambiente de uma casa. Em lugar de se usar a cor em sua forma pura ou sozinha, as cores podem ser misturadas umas com as outras para criar novas cores.

T
ONS E MATIZES

As cores podem ser classificadas de muitas formas. Uma cor pode ser primária, secundária ou terciá-ria (a mistura de duas cores se-cundárias). Pode ser mais ou me-nos forte, a intensidade da cor é conhecida como tom. Uma cor po-de ficar mais clara com o branco ou pode escurecer com o preto.
Em desenho e decoração, o tom é particularmente importante. Freqüentemente, o sucesso de um desenho está na combinação de cores dominantes com um mesmo valor total e o acréscimo de toques que difiram do tom. Assim, em lugar de obter uma mistura inadequada de cores, você pode criar um desenho harmonioso.
Esta flor violeta tem um contraste acentuado com o fundo amarelo.
O EFEITO DAS CORES
As cores são quentes e frias. As quentes (amarelos. vermelhos, ro-sas, laranjas e marrons) parecem aproximar-se visualmente. Fazem com que espaços grandes pareçam menores e dão a impressão de proximidade aos objetos. As frias (verdes, azuis e violetas) afastam visualmente os objetos. São usadas para dar elegância a um desenho e ampliar espaços.

CORES HARMÔNICAS
As cores harmonicas, como, por exemplo, um marrom e um ama-relo quente, costumam combinar bem. Os trabalhos baseados nessas cores ficam relaxantes, mas talvez seja necessário acres-centar uma nota de contraste. Pode-se usar diversos matizes de uma mesma cor.
Ou juntar um toque de uma cor primária. Deste modo, é possível criar qualquer tipo de desenho, desde móveis pintados a caixas de agulha e manter a harmonia sem que fique sem graça.

CONTRASTE DE CORES

As cores complementares (aque-las que ficam opostas no círculo cromático) e as cores primárias costumam ser usadas para criar combinações de cores fortes e contrastantes. O vermelho junto ao verde ou o amarelo com o violeta, por exemplo, dão um efeito espetacular ao desenho. No entanto, é preciso tomar cuidado com tais combinações. O uso excessivo de vermelho e verde pode ficar muito bem no Natal, mas parecerá estranho no resto do ano.
Pode-se combinar cores frias com quentes, claras com escuras. Um toque de branco cai muito bem com cores contrastantes. O traba-lho costuma ficar melhor quando estas cores são usadas em proporções moderadas.

CORES NEUTRAS

Outra combinação agradável é a das cores neutras da natureza. Elas são o resultado de misturar um pouco de cor com um toque de preto e muito branco. Pensando nas conchas e na areia, ou nas pedras e nos seixos, pode-se criar um esboço em que se misturem estes beges e amarelos acinzen-tados. Para finalizar, basta um toque de uma cor mais forte.
hit counter
Categorias