Técnicas especiais em papel vegetal
Pombinhas
Transfira o desenho com tinta nanquim branca e caneta bico de pena. Faça o boleado com um boleador esfumador. Trabalhe com traços curtos para imitar as penas. Decalque a asa da frente do desenho em um recorte extra de papel vegetal e trabalhe da mesma maneira que a anterior. Pinte o contorno com tons pastel.
Use cola quente para colar a asa de maneira sobreposta no desenho central do cartão. Observe que se a peça que vai colar por cima e o desenho de base são exatamente iguais, conseguimos um ótimo efeito de destaque e movimento.
Lápis de cera ou aquareláveis

A consistência suave é a mais adequada. É preciso levar em conta que um grafite duro não permite realizar um bom esfumado pois risca o papel. Usando água e pincel, você pode aplicar como se fosse uma tinta guache. Sempre convém pintar com lápis de cor polychromos ou crayons de cera que permitam suavizar a tonalidade pela parte de trás do papel com cera em pasta incolor. Desta maneira, o papel fica impermeabilizado. Estes lápis não são adequados quando vamos trabalhar em grandes áreas, mas são ótimos para realçar o tom pela frente do papel. Neste caso, devemos utilizar um pincel de cerda fina umedecido com água para levar a cor até o lugar desejado.
hit counter
Categorias
Riscos para papel Vegetal