Variações sobre o ponto cruz
Baseadas no ponto de cruz sim-ples, estas variações permitem acrescentar textura, desenho e cor aos trabalhos de agulha. To-dos estes pontos são trabalha-dos em talagarça, em uma série de blocos.

Os pontos de tapeçaria cruzados proporcionam textura e contras-tam muito bem com superfícies e fundos lisos criados por pontos inclinados, como o petit-point ou o petit-point oblíquo. Partindo do ponto de cruz simples, esta seleção abrange diversos pontos e algumas de suas variações, muitas das quais podem ser executadas em duas ou mais cores, para tornar atraente as grandes superfícies.
Quando fizer pontos mais complexos, como a cruz de Esmirna e o ponto de Rhodes, você deve seguir com exatidão a sequência. Escolha com cuidado a talagarça e as linhas para que a talagarça fique completamente coberta. Em certos casos, sobretudo quando se trabalha a cruz de Esmirna, um contorno em ponto de pesponto ao redor de cada ponto grande contribuirá para este fim. 

OS PONTOS DE CRUZ SÃO USADOS PARA:
bordar desenhos de tapeçaria • acrescentar textura.
Ante de começar a bordar, convém fazer uma amostra com linhas de diferentes espessuras e cores. É importante que todos os ponto sejam executados se-guindo exatamente a mesma seqüência.
PONTO ARROZ

O ponto de arroz é usado tanto em talagarça simples como dupla e é muito útil para cobrir fundos. Este ponto decorativo pode ser trabalhado em duas cores, uma para as cruzes grandes e outra para os pontos de cima. Você também pode usar duas espessuras de linha (uma grossa para as cruzes grandes e outra mais fina para os pontos de cima).
1 -Primeiramente, preencha o fundo com grandes pontos de cruz sobre quatro fios verticais e quatro horizontais, em duas etapas.
2 - Com outro fio, faça pequenos pontos oblíquos, perpendiculares às quatro pontas do ponto cruz.
PONTO CRUZ

O ponto de cruz é usado em ambos os tipos de talagarça para cobrir fundos e figuras de qualquer tamanho. Trabalhe de forma diferente daquela sobre tecido, em que cada fileira de pontos se faz em duas etapas. O método que se segue oferece uma série de pontos ordenados e uniformes.

Trabalhe o ponto de cruz em fileiras horizontais, completando cada uma das cruzes antes de passar à seguinte. Execute os pontos sobre um, dois ou mais fios de talagarça, de acordo com o efeito necessário.
PONTO CRUZ ALONGADO

Esta variante do ponto de cruz produz uma superfície com tex-tura. Fica melhor com pontos de pesponto horizontais por cima do centro das cruzes. Você pode fazer sobre quatro, seis ou mais fios horizontais, mas sobre um máximo de dois fios verticais.

Trabalhe as fileiras de ponto de cruz alongado em duas etapas. Na ida, dê pontos oblíquos da direita para a esquerda e, na volta, em sentido contrário. Depois, trabalhe uma fileira de pontos de pesponto sobre as cruzes.
PONTO ARROZ TRIPLO

Trabalhe sobre os dois tipos de talagarça em uma ou mais cores. Se bordar com linha brilhante, ficará muito atraente.

1- Trabalhe fileiras horizontais de pontos de cruz grandes, pegando seis fios verticais e seis horizon-tais, em duas etapas.

2- Depois, faça três pontos oblíquos em cada canto (o central, mais comprido).
hit counter
Categorias